[ Pdf As Pupilas do Senhor Reitor Î london-underground PDF ] by Júlio Dinis í globalintertrade.co.uk

[ Pdf As Pupilas do Senhor Reitor Î london-underground PDF ] by Júlio Dinis í Uma releitura, numa nova edi oDepois de ter lido este livro na minha adolesc ncia e ter ficado apaixonada pela escrita de J lio Dinis ao ponto de ter lido tudo o que escreveu, n o resisti edi o da Guerra e Paz e caminhei para a releitura de As Pupilas do Senhor Reitor As palavras e forma como escreve J lio Dinis fez me aumentar a vontade de ler novamente a sua obra, que nos leva ao bucolismo, ao dia a dia das gentes do campo, em contraste com os mais abastados, dia a dia de um Portugal do s culo XIX, rural, cheio de l nguas de mal dizer, de alcoviteiras, de beatas e de gente boa que s quer levar a sua vida por diante Daniel, o protagonista desta hist ria um jovem com vontade de aprender Sem ter a constitui o f sica do irm o, Pedro, o pai decide p lo a estudar, por achar que n o ter condi es de levar o trabalho da quinta a bom porto N o podes fazer dele um lavrador F lo padre, letrado ou m dico, que n o ficar s pobre com a despesa diz o padre ao lavrador.
Daniel come a por aprender com o reitor da aldeia, mas o seu interesse, pr prio de uma crian a, cai para as conversas ao fim de tarde com Margarida, que fica deliciada ao ouvi lo No entanto, depois do Reitor ter descoberto que Daniel faltava s suas aulas para estar com Margarida, prop e ao pai do gaiato que este vai estudar para a cidade Opini o completa aqui 3,5 Esta edi o estragou um bocadinho a minha leitura As letras e espa amento s o muito pequenos Quanto hist ria, previs vel mas fofinha Tem alguns di logos engra ados.
Opini o em breve no blogue

9 de 10 Dou por mim a pensar, cada vez mais, porque que existe este mito sobre os cl ssicos portugueses de que s o entediantes e um bicho de sete cabe as para ler Porque a verdade que constato que se trata apenas disso mesmo de um mito As Pupilas do Senhor Reitor foram a minha estreia com J lio Dinis, a qual gostei muito Gostei, acima de tudo, da escrita despretensiosa, da proximidade do autor com o leitor acho delicioso que J lio Dinis converse directamente com quem o l e da caracteriza o da vida numa aldeia do interior norte de Portugal Gostei particularmente do humor Coment rio completo em P gina 130 desistiOra bem, est na altura de o abandonar porque j notei que estou a for ar me para o ler e n o vale a pena N o d , n o d Havia partes que gostava, outras nem por isso A linguagem foi assim uma pequena chapada, porque j n o estou habituada de todo a ler algo assim, n o facilitou a sua leitura Outros haver o de o ler e gostar.
Opini o completa no blogue Peca pelo desfecho meio enxovalhado, mas n o deixa de ser uma leitura muito agrad vel, principalmente devido caricatura muito assertiva do povo coscuvilheiro.
Romance De J Lio Dinis Publicado, Em , Sob O Formato De Folhetins No Jornal Do Porto, E Em Volume No Ano Seguinte Segundo O Pr Prio Autor, Numa Refer Ncia Das Notas , A Obra Teria Principiado A Ser Escrita Em , Durante A Perman Ncia De J Lio Dinis Em Ovar O T Tulo Refere Se S Personagens Femininas Do Romance, Duas Meias Irm S Rf S, Margarida E Clara, De Personalidades Opostas, Adotadas Pelo Reitor A Intriga Centra Se, Contudo, Em Daniel, Segundo Filho Do Lavrador Jos Das Dornas Depois De, Em Rapazinho, Ter Renunciado Carreira Eclesi Stica Por Amor A Margarida, Daniel Regressa Aldeia, J M Dico E Completamente Esquecido Do Seu Id Lio De Inf Ncia Para Al M Do Reitor, A Obra Apresenta Uma Interessante Galeria De Tipos R Sticos, Onde Se Destacam As Figuras De Jos Das Dornas, Jo O Semana, O Bondoso M Dico Rural, Jo O Da Esquina, O Dono Da Loja, E A Sua Esposa Interesseira, A Ti Zefa, A Beata Linguaruda, Entre Outras Em Suma, As Pupilas do Senhor Reitor Traduz A Vida Rural Portuguesa Da PocaAs Pupilas do Senhor Reitor In Infop Dia Em Linha Porto Porto Editora, ConsultDispon Vel Na Www As Pupilas do Senhor Reitor, De J Lio Dinis, Primeiro Romance Portugu S Do S Culo, Publicado Inicialmente EmEm Forma De Folhetim, S No Ano Seguinte Apareceria Em Livro O S Eu Car Ter Moralizador E A Religiosidade Que Perpassa Por Todo O Romance, A Bondade Capaz De Chegar A Extremos Quase Incr Veis De Sacrif Cio Pessoal, S O Alguns Dos Ingredientes Que Transformaram Em Muito Pouco Tempo O Autor Desconhecido Em Sucesso Nacional A Calma Da Cidade Do Interior Ovar Portugal E A Observa O Da Vida Simples Das Pessoas Da Aldeia Propiciaram O Aparecimento Desse Romance Que, Algum Tempo Depois, Se Tornaria Um Dos Mais Famosos Em PortugalOs Cap Tulos S O Tipicamente Folhetinescos Unidades Narrativas Com Perip Cias E Final Em Suspens O Um Romance Que Est Cheio De Ironias Bem Humoradas, Tornando O, Apesar Do Moralismo Intencional, De Leitura Mais Agrad VelComo Costuma Acontecer Com Escritores Rom Nticos, J Lio Dinis Tamb M V O Mundo Com As Lentes Do Manique Smo Assim, Assenta Sua Obra Em Um Jogo Cont Nuo De Oposi Es Entre As Principais, Destacam Se A Cidade O Campo A Modernidade A Tradi O O Desejo O Amortp Passeiweb NapontalinAs Pupilas Contam Nos A Hist Ria De Duas Irm S, Filhas De Casamentos Diferentes Do Mesmo Pai, Que, Estimando Se Profundamente, S O Dotadas De Maneiras De Ser Inteiramente Opostas Clara E Margarida, Ambas Generosas E De Bom Esp Rito, Encaram A Vida Por Forma Diferente A Primeira, Expansiva E Alegre, Por Vezes Estouvada, Feliz De Si Pr Pria E Dos Outros A Segunda, Fechada Numa Reserva Natural, Dominando As Reminisc Ncias Dum Id Lio Infantil Com Daniel Na Discri O E Na Saudade Das Horas Idas Sentimento Bem Portugu S De Que Neste Livro Se Faz, Por Vezes, Uma S Ntese Expressivatp Virtualbooksterra Free Mr Rector s PupilsThe Rector Pupils, a novel by Julio Dinis published in 1866, tells the story of the return of a young unconscious to the village where he was born Once there arrived, falls for the bride s brother, which triggers a series of adventures The amorous adventures of Daniel clash with the lives of two orphaned, Clara and Daisy, delivered to the care of village rector In short, The Pupils of Rector translates the Portuguese rural life of the time.
A book written with the simplicity of style and the representation of realism that characterize the work of J lio Dinis, and full of unforeseen situations of great dramatic intensity.
Source